quarta-feira, 23 de junho de 2010

Mãe de Gêmeos: Os bebês e o casamento...


A Marcella, uma gravida (de gêmeos) linda me perguntou como ficou o meu casamento quando os gêmeos chegaram...

Uma amiga minha que tem uma bebê de 2 meses tbm me confessou que estava aflita por causa do casamento...

Vamos lá, comigo foi assim: no primeiro mês a gente nem pôde namorar, e eu nem pensava nisso. Não vou dizer que meu marido tbm não, porque não sei...rsss. Mas, sinceramente, era uma fase tão diferente de tudo o que eu já tinha vivido antes, que sexo não fazia muita falta. Além do mais, eu não estava com o corpo que pedira a Deus, então tbm não me sentia nem um pouco sexy.

Mas não foi por isso que deixei de meu cuidar. Já que estava acima (acimíssima, aliás) do peso, investia no destaque a outras áreas do corpo: cabelo, maquiagem, unhas. Sim, me esforçava pra estar sempre com o cabelo escovado, maquiada e com as unhas feitas. Não ia no salão, não. Eu mesma gosto (sempre gostei) de me embonecar (como dizia minha avó, ah, a avó que teve os gêmeos tbm: meu pai e meu tio. Ela era suuuper vaidosa tbm).

Então, isso levantava minha auto estima e me animava para melhorar mais a cada dia. Lembro-me que pensava assim: estou um pouco mais magra a cada dia, ou, a cada dia que passa meu corpo volta para o lugar mais um pouquinho...Minha meta era entrar nas calças jeans.

Ah, outra coisa. Virava e mexia vinha a seguinte frase na minha cabeça: Meus Deus, eu estou acabada!! (de cansada mesmo, sabe...) Aí, imediatamente eu reformulava a frase: Não estou acabada nada, estou cansada porque estou vivendo um momento único, especial e privilegiado da minha vida que é cuidar de duas crianças maravilhosas e saudáveis a quem dei à luz há poucas semanas. E no começo é assim mesmo, mas essa fase vai passar. E pronto!

Aí, quando meu marido chegava em casa, não encontrava a mulher toda caída, desmilinguida, com cara de acabada. Por mais cansada que eu estivesse, eu não me entregava.

Se por um lado não tinha sexo, por outro lado a nossa cumplicidade, o nosso companheirismo e a nossa união aumentava a cada dia. Uma porque eu não quis nem minha mãe, nem minha sogra, nem babá nenhuma pra ficar com a gente o tempo todo. Minha mãe vinha em casa dia sim dia não pra visitar e fazer uma comidinha, a empregada cuidava da casa e da roupa e dava uma força quando precisávamos e o resto era com a gente. Era como voltar a brincar de casinha. Era a nossa vidinha nova começando e queríamos fazer do NOSSO jeito, curtir CADA minuto de tudo, o que, apesar de cansativo, era extremamente prazeroso.

Meu marido e eu nos revezávamos para dar banho nos bebês, mamadeira e até pra dormir. Além disso, ele tbm fazia as compras de supermercado, farmácia e cozinhava.

E assim foi até os bebês irem crescendo e nós 4 nos adaptando uns aos outros. Concluí que com menos gente dando pitaco, as coisas entram nos eixos mais rápido.

Desenvolvemos e implantamos a nossa rotina com tanto sucesso que no segundo mês nós já íamos até pra balada e no quarto mês passamos 15 dias viajando, enquanto eles ficaram com a vovó (e com a planilha, claro...rsss).

12 comentários:

  1. Amiga!
    o começo/adaptação é difícil pra todo mundo e em todas as áreas, imagine se irá ser diferente qdo nos damos conta que temos a total responsabilidade por um novo ser, no seu caso 02 novos seres.rs
    É natural que o casamento fica um pouco de lado, aliás, sendo bem direta o que fica bemmmmm de lado é o sexo né?
    Aqui em casa, como demoramos + de 10 anos para a chegada do baby, o companheirismo e a cumplicidade, carinho entre tantas coisas boas já eram o melhor do nosso casamento, portanto foi mais facil.
    Mas as recem mamaes, podem ficar tranquilas, essa é uma fase dificil porém prazeirosa pena que passa bem rápido!

    Bjos e boa sorte a todas nós!!!

    ResponderExcluir
  2. hummm e essa foto romantica hein mamae? kkkk

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a dica para as futuras mamães, não descuidar do visual,Parabéns!

    Beijus

    ResponderExcluir
  4. Com certeza a participação e compreensão do marido é fundamental né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Vanessa!

    Vi seu blog no Amor de mãe e fiquei um tanto curiosa em saber como seria ter gêmeos.Tive uma bb e confesso que eu no primeiro mês não tive a mínima vontade de me cuidar, me sentia uó de tão inchada que fiquei, foi uma época difícil pra mim...ufaa ainda bem que passou!
    Vou te seguir tá?
    beijo

    ResponderExcluir
  6. Pois é, no começo é difícil mesmo e a gente não pode se deixara abater mesmo, né?! Mas, passa tão rápido e é como vc falou: de repente a gente se vê na balada e viajando. Por isso, tem q aproveitar e curtir mto!!
    Bjos,
    Camila
    www.mamaetaocupada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa que pique! Sempre pensei que se tivesse gêmeos enlouqueceria... mas é bom ouvir relatos assim... a vida da gente muda mesmo... pra melhor e pior pq tudo tem dois lados... mas ser mãe é maravilhosooo.
    Vou te seguir!!

    ResponderExcluir
  8. pois é amiga , tambem sou como vc , nunca quis ninguem dando pitaco e foi muito tranquilo essa adaptação sabia .
    confesso, que muitas vezes me descuido, mas logo me refaço rsrsrs , afinal alem de mãe somos mulheres né
    bjus

    ResponderExcluir
  9. Adorei seu blog!
    Beijo,
    Roberta, mãe dos gêmeos Rute e Miguel
    http://familiamimi.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Adorei seu blog e sua força dee vontade pra cuidar de dois. Mas no fim das contas: tudo vale a pena afinal, seu filhos são lindos. parabéns.

    ResponderExcluir
  11. Nossa amei seu blog!! Que tudo!
    Obrigada pela visita... vou estar sempre por aqui! Bjs

    ResponderExcluir
  12. Vanessa!!! Ainda bem que eu achei esse blog e li justamente esse post!!
    Estou gravida de 8 semanas e esses dias entrei numa neura de pensar o que sera que vai acontecer com o meu casamento depois do nascimento do baby, já que a nossa vida - me dizem as outras pessoas- vai virar de pernas pro ar-rsrsrsrs.
    Adoramos viajar, sair, e fiquei pensando em tudo isso, ate ler esse seu post!
    Ja estou seguindo seu blog!
    Parabens!
    Bjs Deborah

    ResponderExcluir